quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Alarmes sim ou não?


Sistema de alarmes nas casas será que afugenta ou atrai os ladrões? 
         

Os alarmes normalmente afugentam a maior parte dos ladrões mas não são "remédio santo".

As minhas dúvidas são:  
se ter um alarme num prédio em que ninguém tem alarme não será que diz: "eu tenho mais do que os outros",
num prédio em que quase todos têm alarme, quem não tem, será que fica mais destinado a ser roubado?
ter um autocolante no lado de fora na varanda ajuda? Ou é mais publicidade à empresa do alarme?
se o alarme toca e a empresa demora a reagir? 
se a policia consegue chegar em tempo útil?                                     

O alarme não está ligado em várias situações em que têm havido assaltos, como por exemplo:
se enganarem quem abre a porta o alarme não serve
se entrarem quando estamos a entrar em casa
se estivermos em casa normalmente o alarme não está ligado 
se entram pela janela quando estamos em casa

Na casa particular é muito útil principalmente porque afasta a maioria dos ladrões quando não estamos.

 Mas mesmo assim dos alarmes que conheci acho:
quando se está em casa são incómodos, se queremos ir à cozinha durante a noite no andar de baixo e o alarme está ligado ficamos limitados,
podemos estar sempre em sobressalto se vamos ouvir o alarme a disparar,
se o alarme avaria e começa a tocar e não se cala, apanhamos um susto dos diabos
se somos assaltados o alarme toca mas a empresa ou a policia podem não chegar em tempo útil, como a empresa telefona antes de ir ao local, demora tempo e portanto não acho eficaz.


O problema é que os ladrões muitas vezes já conhecem os tipos de alarme as rotinas das empresas de segurança etc, portanto os alarmes evitam mas o risco existe na mesma.

Podemos comparar o comportamento dos ladrões aos estudos de mercado em relação aos clientes.


No fundo depende da sorte, que tipo de ladrão estamos a falar:
 os ladrões que existem mais, realmente são os que não querem arriscar muito e portanto o alarme sempre os intimida,
qual é o sector de mercado que eles procuram,
 que riscos eles estão prontos a correr,
quantos ladrões fazem parte da equipa,
que informações eles têm das nossas rotinas e o interior das nossas casas.

Já experimentei ter alarme em casa tanto numa casa de verão como num andar e evita mas não é seguro.

Hoje em dia os assaltos que mais se ouve falar são aqueles em que o alarme não estava ligado e os donos da casa estão presentes.  O que fazer numa situação destas?

Estas questões podem levar-nos ao problema de como nos devemos defender, o que existe que possa nos tornar mais seguros.

Grades?
Quando estamos em casa existe sempre um ponto frágil que os ladrões podem recorrer, a porta ou uma janela que a grade não está fechada, ou então vivemos numa casa que deprimida e triste que não é boa para nós. 

Câmaras de vigilância?
Muitas vezes os ladrões estragam as câmaras antes de entrar.
Faz-me confusão porque normalmente se os ladrões vierem tapados não os conseguem apanhar e ainda por cima só depois de ver a gravação é que se vai tentar apanhar os ladrões que já roubaram ou até nos fizeram mal.
Claro que as câmara se tiverem a ser vigiadas por um segurança 24 horas é útil mas nas casas particulares isso é quase inviável.
Assim leva-nos à questão que tem estado muito em discussão nos Estados Unidos que é a licença de porte de arma.

Será que com todos os defeitos que é ter uma arma em casa isso defende mais quem está em casa e é assaltado?
Eu sou contra, mas compreendo que quem viva no campo ou numa casa isolada se sente mais seguro tendo uma arma por perto.

O problema é que quem assalta pode estar mais bem armado  ou então os horríveis acidentes que tempos a tempos acontecem que alguém na família usa indevidamente a arma.

Claro que talvez o ideal seria aqueles sistemas em que se o alarme toca todas as janelas e portas se fecham com placas de metal e isso nos filmes dá uma sensação que deve ser muito seguro mas o problema é se isso funcionasse bem e os ladrões já estivessem dentro de nossa casa, não seria pior termos que lidar com eles até a policia chegar?
Bem os sistemas que vemos nos filmes também aparecem quando estamos a ver algum ladrão a tentar roubar esses locais portanto também não são infalíveis.


Enfim os alarmes são úteis mas não os acho seguros. 

Gostava que hoje em dia que se inventa tanta coisa, que poderíamos ter um sistema de segurança que reconhecesse quem era de casa. Andariamos com os alarmes ligados mas só se aparecessem alguém estranho é que o alarme tocava. Será que já existe?



4 comentários:

Ovelha Tresmalhada disse...

Esse tipo de alarme chama-se Cão, o melhor amigo do Homem. Só não liga é à Polícia :)

Podemos tentar reduzir o risco de assaltos com alarmes, cães e outras ideias, mas o risco estará sempre lá. Cada um de nós terá que decidir qual o nível de risco que está disposto a assumir.

Mas, no fim do dia, não vale a pena consumir-mo-nos com uma situação que não conseguimos controlar totalmente.

Tatis disse...

Tens toda a razão, realmente apenas podemos minimizar os riscos. Gostei do alarme chamado Câo. :)

Paulo Pereira disse...

Cada vez mais pessoas optam por meter alguma sistema de alarme em casa, e são muitas as opções disponíveis para nossa segurança e pode ser difícil saber qual o melhor alarme a comprar.

Anônimo disse...

Existem várias hipóteses hoje em dia é um facto... Mas por experiência própria, ter um sistema de alarme pode ser bastante útil. Agora como tudo não é 100% eficaz. Em pesquisa encontrei este blog que tem montes de informação sobre segurança se quiserem dar uma olhadela, http://casaprotegida.pt/ .